Atiradora da sede do YouTube estava insatisfeita com monetização de vídeos

A atiradora que invadiu a sede do YouTube e deixou três feridos, além de ter se matado após o atentado, era uma youtuber que expressou insatisfação com as mudanças no modelo de monetização da plataforma de vídeos em tempos recentes.

 

A polícia de San Bruno, na Califórnia, indetificou a autora dos disparos como Nasim Aghdam, uma mulher de 39 anos que possuía um canal no YouTube em que se declarava vegana e ativista dos direitos animais.

Nos últimos tempos, ela postou diversos vídeos em que se mostrava irritada com a política do YouTube, dizendo que o YouTube filtrava seus vídeos para ela não ganhar mais visualizações. Ela também se mostrou insatisfeita com as alterações na monetização dos canais.

Fonte: Olhar Digital

Publicado no site do Professor David Sander - 04/04/2018 - 19:46hs

Encontre o Professor David Sander nas redes sociais